Mini-bio

Fotos para mídia

IAN FRASER é autor dos romances O sangue é agreste, vencedor do Prêmio Jovem Autor Inédito, pelo Selo João Ubaldo Ribeiro, Noir Carnavalesco, vencedor do III Prêmio ABERST de narrativa longa policial, e da saga Araruama, com campanhas de sucesso no financiamento coletivo. Na dramaturgia, escreveu e produziu a peça A máquina que dobra o nada, vencedor do Prêmio Braskem de Teatro na categoria Melhor Espetáculo Infantojuvenil, e escreveu o texto original de Ensaio para uma redenção, vencedor do Prêmio Braskem de Teatro na categoria Melhor Texto. Nascido e criado em Salvador, Ian vive escrevendo e cuidando de Gouda, sua gatinha paraplégica. 

 

Clique aqui